contos de fadas

Posted: September 4, 2012 in Uncategorized

Não percebo a teoria de que os livros se querem com finais realistas que é como quem diz, tristes e cinzentos, que os filmes bons, são os que “imitam” a realidade e por ai fora. Desculpem lá qualquer coisinha, mas para ver imagens tristes e cinzentas e reais e ficar deprimida e o diabo, eu vejo o telejornal ou um documentário qualquer sobre a fome em Africa, o conflito na Síria, os direitos das mulheres Afegãs, os fogos em Portugal, um sem fim de opções. Para realidade, falo com o meu vizinho sobre aquele trabalho que nunca mais vem, para realidade sei daquela família em que recebem os dois pouco mais que o salário mínimo e portanto, ricos, perderam o direito ao passe social para o seu filho que acabou de entrar na Universidade, para realidade tomo consciência da mortalidade dos que me são queridos, para realidade eu já tenho a vida. Da arte, quero leveza, suavidade, abstracção, sonho, fantasia, até mesmo fuga. De um livro, ou um filme eu quero a lágrima e a gargalhada, quero que parem de me contar a história no momento em que todos estão vivos e felizes, que me importa se depois eles envelhecem e adoecem e morrem, isso é muito depois, muito para além da janela que me é dada para espreitar. Eu quero os personagens irreais, felizes e leves e loucos e… para lá, muito além de onde me poderia levar a minha imaginação. Quero viagens por rios agitados que por obra de uma qualquer magia ficam calmos e resplandecentes, quero aventuras de me cortarem a respiração e super heróis que no fim vencem sempre os vilões. Quero histórias simples e calmas, quero grandes amores.

Quem quer que seja que me roubou os contos de fada, que me faça o favor de os devolver. Exijo que me seja restituída a ilusão!

Advertisements
Comments
  1. Cris says:

    miúda gira, vamos já fazer um filme tipo conto de fadas, eu até gosto de comédias românticas! 🙂
    Estou totalmente de acordo, o que vale é que eu não vejo televisão há mais de um mês e tenho aqui bosques encantados com fadinhas e pés de feijões. Quanto aos cinema, quando eu juntar um dinheirinho, eu vou ver… uma comédia romântica, pois claro!
    Beijoca repenicada de quem? Ora adivinha lá?
    :p

  2. Eu says:

    uma romantica…

  3. Marta says:

    sempre! é a minha maior (única?) riqueza.

  4. Marta says:

    ah, devo dizer-te que só te respondi, pq me esqueci que me ficaria bem um acto de rebeldia. 😛

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s